1º- Agonia de Jesus no Horto - Santo Rosário

Ir para o conteúdo

1º- Agonia de Jesus no Horto

1º Mistério Doloroso -A agonia de Jesus no Horto das Oliveiras

1º - A agonia de Jesus no Horto das Oliveiras (Mt 26, 36-46)

36. Retirou-se Jesus com eles para um lugar chamado Getsêmani e disse-lhes: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar.
37. E, tomando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se.
38. Disse-lhes, então: Minha alma está triste até a morte. Ficai aqui e vigiai comigo.
39. Adiantou-se um pouco e, prostrando-se com a face por terra, assim rezou: Meu Pai, se é possível, afasta de mim este cálice! Todavia não se faça o que eu quero, mas sim o que tu queres.
40. Foi ter então com os discípulos e os encontrou dormindo. E disse a Pedro: Então não pudestes vigiar uma hora comigo...
41. Vigiai e orai para que não entreis em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca.
42. Afastou-se pela segunda vez e orou, dizendo: Meu Pai, se não é possível que este cálice passe sem que eu o beba, faça-se a tua vontade!
43. Voltou ainda e os encontrou novamente dormindo, porque seus olhos estavam pesados.
44. Deixou-os e foi orar pela terceira vez, dizendo as mesmas palavras.
45. Voltou então para os seus discípulos e disse-lhes: Dormi agora e repousai! Chegou a hora: o Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos pecadores...
46. Levantai-vos, vamos! Aquele que me trai está perto daqui."
OFERECIMENTO

Nós vos oferecemos, Senhor Jesus, esta primeira dezena, em honra a vossa agonia mortal no Jardim das Oliveiras; e vos pedimos, por este mistério e pela intercessão de vossa Mãe Santíssima, a contrição de nossos pecados.

  • Pai Nosso
  • 10 Ave-Marias
  • Glória
  • Ó Meu Jesus.
Ad Maiorem Dei Gloriam
Santo Rosário
Voltar para o conteúdo